Dor pélvica na Gravidez: Sintomas, causas e tratamentos

Qualquer dor por menor que seja é desagradável. Na gravidez existem vários tipos de dores e intensidades que acometem uma determinada região, que surgem do nada e que se fazem presentes em qualquer mudança de movimento.

A dor na área pélvica é muito desagradável e pode ocorrer, como todos os tipos de dores, em varias intensidades e frequências, mas também é possível que quase não ocorra. Creio que tenha ficado agora curiosa como poderá ser possível evitar ou amenizar. Neste artigo vou te mostrar melhor como se procede a dor pélvica e como você mesma pode ameniza-la.

  • Por que a região pélvica dói?

As principais ocorrências de dores acontecem no último semestre de gestação já que a grávida está com um aumento de peso que pode chegar em torno de 10 quilos. Carregar uma criança dentro do seu ventre não é uma tarefa fácil! Esse sobrepeso pode gerar muito desconforto e dores na virilha e pernas.

Em muitos relatos, gestantes dizem que sentem pequenos estalos na região, ou seja, é um demonstrativo do quanto à barriga está pesando! Para melhorar a sua “vida” de grávida procure seguir os próximos passos.

  • Como amenizar as dores pélvicas na gravidez?

Existem alguns “segredinhos” que podem te auxiliar. Dentre eles, pode-se destacar:

O uso de anti-inflamatórios e analgésicos. Desde que tenha sido corretamente prescrito pelo seu médico. Caso contrário, não se automedique.

Fazer sessões de Fisioterapia. É importante ter um acompanhamento profissional para que não tenha problemas e lesões por esforços realizados sem orientação. Com auxilio de um profissional competente você conseguirá melhorar a função muscular agindo diretamente nos músculos do quadril e eliminando a dor. O fisioterapeuta poderá aproveitar e lhe passar exercícios que possam fortalecer as costas e regiões próximas à pélvis.

Faça massagens. Massagem é sempre bem vinda. Seja para relaxar ou para colocar determinadas partes do corpo em seu devido lugar. Para isso faça sessões regulares e assim evitará muitas dessas dores incomodas.

Pratique hidroginástica. Particularmente recomendo a todas as gestantes, pois essa pratica fortalece a musculatura corporal suaviza os impactos de exercícios e facilita a realização de movimentos das articulações com mais segurança.

Está pesado? Não carregue. Já basta o peso que está carregando na barriga e para o que você quer mais? Tome cuidado com sua postura e utilize sempre apoios como corrimões de escadas para se apoiar e caminhar com mais proteção e conforto.

Porem se precisar carregar algum peso não o coloque somente de um lado ou parte do corpo, mas procure equilibrar para que possa ter mais sustentação e evitar as dores. Não use bolsas tira colo com muito peso e se for carregar sacolas de supermercado divida as quantidades em numero igual para serem carregadas pelos dois braços.

Cuidado com saltos altos. Até quando não se está grávida ocorre de sentir certo desconforto com determinados tipos de sapatos. Durante a gravidez prefira modelos confortáveis e baixos para que assim não sobrecarregue a sua coluna uma vez que, o peso do corpo passa a ser todo concentrado nos pés.

 

  • Considerações Finais

Você viu como ocorrem essas dores e como é possível atenua-las. Procure também prestar atenção e controlar o seu peso para que não tenha mais um fator a lhe prejudicar. Espero que tenha gostado dessas dicas. Que tal deixar a sua curtida abaixo?

 

 

 

 

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *